terça-feira, 18 de junho de 2013

'do rio que tudo arrasta, diz-se que é violento. mas ninguém chama violentas 'as margens que o comprimem'

{bertolt brecht}

Um comentário: