domingo, 25 de maio de 2014

a vida é cíclica, e de tão redonda, estamos em constante movimento. acho até que aquela história da mitologia grega -das irmãs moiras que tecem o fio da vida- é real: em um momento estamos em cima do círculo, mas com a mesma rapidez que subimos, voltamos para baixo. deve ter alguém (ou alguma coisa) com esse poder de girar a roda.

domingo, 18 de maio de 2014

é legal ser a pessoa mais "alguma coisa" que alguém conhece

quinta-feira, 15 de maio de 2014

será que todas as coisas precisam ser decididas?

sábado, 10 de maio de 2014

poucas coisas são mais bonitas que o pôr do sol no interior

segunda-feira, 5 de maio de 2014

mais um ano

tava pensando que deve ter uma quantidade de aniversários pré-definida durante a vida. ainda mais pq a gente só faz aniversário uma vez por ano. 
não é como por exemplo você não ter idéia de quantas vezes você foi à praia, viajar, ou levar seu cachorro pra passear. você tem plena idéia de quantos aniversários você já viveu.
você vai morrer e as pessoas saberão exatamente quantos anos você tinha (consequentemente quantos aniversários você passou): "tal pessoa estava com tantos anos completos, ia fazer tantos anos no dia 19 do próximo mês...", mas duvido que alguém seja capaz de contar quantas vezes você de fato se divertiu na vida. a conclusão é de que, aumentar um ano (ou se preferir, ficar substituindo dígitos)  a cada 365 dias é uma coisa meio boba. 
a única coisa de emocionante em tudo isso, é que não dá pra saber qual vai ser nosso último aniversário, se nosso cronômetro aniversarial estará marcando um, dois ou três dígitos. no fim, as incertezas é que são legais.

domingo, 4 de maio de 2014