terça-feira, 31 de janeiro de 2012

choro em filme de criança

se chorar em toy story 3 te faz oficialmente uma manteiga derretida, eu definitivamente sou uma.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

domingo, 15 de janeiro de 2012

sábado, 7 de janeiro de 2012

muros

"achei um barato essa conquista do espaço urbano. na realidade, os muros não são de ninguém. a propriedade é uma forma de capitalizar a natureza que o imbecil do ser humano inventou. os muros, então, para que servem os muros? pra impedir ladrões? sim. pra garantir privacidade? sim. mas servem também pra acabar com o direito natural do ser humano animal de ir e vir [um direito inclusive constitucional].
já imaginou se a onda de construir muros pega tbm na zona rural? nós acabaremos por conhecer somente as ruas e as estradas. que direito tem um cidadão de tapar a visão e o usufruto da natureza? é marcelo, você é um bobo sonhador. está mais que óbvio para a humanidade que a natureza se compra e passa a ser particular. os marcianos rirão de nós um dia, ao saber que nosso planeta é um grande quebra-cabeça de proprietários. restam-nos os parques e as praças públicas."

[marcelo rubens paiva, 'feliz ano velho', p. 181-182]

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

acho q a coisa q me deixa mais 'P' da vida é duvidarem da minha palavra. ainda mais qdo se trata de um caso com provas concretas. 
e sabe, acho q nos meu atuais 20 anos de vida cheguei a conclusão de q  justificativas não resolvem, infelizmente [ainda mais se tratando de justificativas reais], pq as pessoas na maioria das vezes sentam em sua razão e nem têm a capacidade, ou boa ação [ou como quiser chamar] de te escutar, incluindo esses casos em que se dispensa justificativa por claras evidências.
sim, existem as evidências, mas sempre existem pessoas que não querem enxergar

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

céu


quando você diz:
olho para baixo e só vejo nuvens. É  sinal de que está no céu.