sábado, 31 de dezembro de 2011

dublin

sabe, tem lugares q inexplicavelmente queremos conhecer... eu queria loucamente conhecer a irlanda há muito tempo. na realidade, eu tinha meus motivos: lá era a terra dos ruivos [e eu tenho uma certa fissura por eles], li em algum lugar que lá as pessoas eram super simpáticas e também era o lugar que abrigava criaturas mágicas, hahaha.
na real eu não lembro direito os motivos, mas sei q eu os tinha. finalmente conheci dublin. tá bom q por mim eu ficaria muito mais de 4 dias, masss, quem sabe uma próxima vez.
só tenho a dizer isso: AMEI. apaixonante, incrível, linda, histórica. apesar do meu enorme preconceito com cidades cinzas e chuvosas.
minhas fotos:























sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

não só desejos, mas tbm desenhos de ano novo.
e não só pra 2012, mas pra vida toda de todo mundo.


segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

sábios beatles

- viva e deixa morrer [live and let die]
- deixe estar [lei it be]
- é fácil viver com os olhos fechados [living is easy with eyes closed]
- é só mais um dia [it's just another day]

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

menos TV, mais arte

menos TV, mais arte [anúncio MASP]

coletivo

individualmente se relacionava bem, mas o coletivo assustava-o. o coletivo era pesado, cruel demais.

domingo, 11 de dezembro de 2011

acaso

‎'mas, muito pelo contrário, será que um acontecimento não se torna mais importante e carregado de significados quando depende de um número maior de circunstâncias fortuitas?
só o acaso pode ser interpretado como uma mensagem. aquilo que acontece por necessidade, aquilo que é esperado e que se repete todos os dias, não é senão uma coisa muda. somente o acaso tem voz'                                     

[a insustentável leveza do ser]